Blog

Blog

  • Escola Semeador

Comida de verdade - A importância da alimentação saudável na infância.

Atualizado: 19 de Nov de 2019


É muito complexo definirmos o que seria uma alimentação adequada e saudável, mas podemos caracterizá-la quando buscamos nos alimentar com variedade, equilíbrio e prazer. Além disso, ela deve valorizar, predominantemente, alimentos in natura ou minimamente processados (como arroz, feijão, frutas, legumes e verduras, mandioca, milho, carnes e ovos). Os alimentos processados industrialmente (como enlatados, queijos e conservas) devem ser consumidos em menor quantidade. Já os alimentos ultraprocessados (biscoitos e bolachas, sucos artificiais, refrigerantes, salgadinhos de pacote, macarrão instantâneo, guloseimas) devem ser evitados.

Os primeiros anos de vida são importantes para a formação dos hábitos alimentares. A alimentação tem um papel além da nutrição. Nos primeiros anos de vida, a variedade e a forma com que os alimentos são oferecidos influenciam a formação do gosto e a relação da criança com a alimentação. A criança que come alimentos saudáveis e adequados quando pequena tem mais chances de se tornar uma pessoa adulta consciente e autônoma para fazer boas escolhas alimentares.

Aqui no Semeador, a alimentação é baseada em alimentos que venham da natureza. Servimos frutas in natura 3x ao dia, no almoço sempre aparece o arroz, feijão, batatas de todos os tipos, verduras e legumes e nos lanches priorizamos preparações que tenham alimentos que venham da natureza. Os sucos são de fruta mesmo, abacaxi, limão, maracujá, laranja, uva. As frutas ofertadas são as da época, pois são mais saborosas e são mais fáceis de encontrar. Segundo o Guia Alimentar para a população brasileira, recomenda-se que a base da alimentação seja de comida de verdade, aquela que nossos bisavós reconheceriam como comida! Um dos lanches que mais fazem sucesso aqui na escola são os palitinhos de gergelim com patê de inhame.

Aqui vai a receita para quem quiser tentar fazer em casa:

200 ml de água morna (1 xícara de chá) 1 colher de sopa de fermento biológico (fermento para pão) 2 colheres de café de açúcar 250 g de farinha branca 250g de farinha integral 60 ml de azeite de oliva ou óleo 2 colheres de café de sal 150 g de gergelim

Modo de preparo:

Em um recipiente, misture a água morna, o fermento e o açúcar e deixe descansar por 15 minutos. Em uma bacia, adicione as farinhas, a mistura do fermento, o azeite, o sal e o gergelim. Misture bem a massa, até ficar bem homogênea (sovar bem). Deixe descansar por 40 minutos.

Depois, abra a massa, corte em pedaços menores e forme os palitinhos (fazer minhoquinhas). Em uma forma untada, acomode os palitinhos e asse no forno (200°C), por aproximadamente 30 minutos ou até ficarem dourados.

Fonte: Guia Alimentar para a População Brasileira. 2ª edição. (http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf)

Texto elaborado por: Marcia Maria Arenhart Soares Nutricionista Especialista em Saúde da Família.

#fruta #Alimentação #Infância

45 visualizações

Rua Fernandes de Barros, 1891

Hugo Lange - Curitiba - PR

Email: secretaria@escolasemeador.com

Tel: (41) 3085-7332

  • YouTube - Escola Semeador
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Blogger - White Circle

© Direitos Reservados 2020  | Criado por Fabrik'Art Brasil